próteses rompidasA Secretaria da Saúde do Governo Federal autorizou a cirurgia de próteses rompidas a ser feita pelo SUS, ao perceber que isso era um problema de saúde publico.

O que causa as próteses rompidas

As próteses rompidas se tornam um pesadelo pra quem um dia investiu nelas com o intuito de melhorar sua aparência, afinal toda mulher sonha em ter um corpo escultural e por isso acaba colocando o silicone. As próteses rompidas além de causar desconforto nas mulheres, podem causar grandes danos à saúde como a intoxicação do organismo, por causa do uso do silicone industrial nas próteses implantadas.

Exceções para as próteses rompidas

A cirurgia de próteses rompidas aceita pela Secretaria da Saúde do Governo Federal, só será feita, nas mulheres que tiverem implantes das marcas PIP (Poly Implant Prothese) e Rofil, pois elas foram proibidas aqui no Brasil, por terem sido feitas de silicone industrial, pois pode se infiltrar nos pulmões, causando sérias infecções e podendo levar a morte. Por isso as mulheres que colocaram próteses de silicone dessas marcas devem ficar atentas com as mudanças nos seios, pois não há cuidados que possam ser tomados caso as próteses se romperem.

Onde fazer a cirurgia gratuita para as próteses rompidas

Caso a mulher tenha mesmo as próteses rompidas, os planos de saúde são obrigados a arcar com as despesas das próteses retiradas ou pode ser feito até mesmo pelo SUS, mas a colocação de uma nova prótese, só será feita caso seja necessário a reconstrução mamária. Até agora já foram quase 30 mulheres que tiveram as próteses rompidas, mas há mais de 30 mil mulheres com próteses dessas marcas, é recomendado que todas as mulheres que possuem essas próteses passem por uma avaliação médica e ver o estado da sua prótese, para ter os cuidados necessários para que não vire mais um caso de próteses rompidas.