Jovem TrabalhadorO programa Jovem Trabalhador tem o intuito de oferecer qualificação profissional os jovens do Brasil.

Como funciona o programa Jovem Trabalhador

O Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) mais uma vez lança o projeto Jovem Trabalhador, também chamado de ProJovem Trabalhador, essa é uma forma de influenciar aos jovens de 18 a 29 anos a terem um emprego e assim ajudar com suas contas em casa. Para se candidatar os jovens devem ter cursado ou estar cursando o Ensino Médio. Esse programa para jovens os prepara para o mercado de trabalho em diferentes áreas geradoras de renda, qualificando e estimulando os próprios jovens.

Inscrição do Jovem Trabalhador

Após se inscrever no projeto Jovem Trabalhador, os alunos serão apresentados à proposta que o programa oferece, recebendo uma introdução ao conteúdo social, além disso, eles recebem kits escolares, materiais pedagógicos para a realização dos cursos e camisetas. Para participar do projeto Jovem Trabalhador o jovem deve estar desempregado e possuir uma renda per capita por pessoa de um salário mínimo.

Durante e depois do projeto Jovem Trabalhador

O programa Jovem Trabalhador está sendo lançado em 82 municípios em todo o Brasil, com milhares de inscrições abertas, que terá duração de seis meses, divididos em 40 horas de aulas sobre inclusão digital, 10 horas de valores humanos, ética e cidadania, 10 horassobre educação ambiental, higiene pessoal e promoção da qualidade de vida, 20 horas sobre direitos trabalhistas, formação de cooperativas e prevenção de acidentes de trabalho e 20 horas de apoio a escolaridade. As outras 250 horas restantes serão direcionadas para qualificação profissional referente a várias áreas. Durante os cursos os alunos receberão uma taxa de 100 reais mensais e após o termino do projeto ProJovem os jovens são encaminhados para vagas de emprego, de acordo com as áreas escolhidas durante o curso. Com isso muitos jovens terão grandes oportunidades graças ao programa gratuito Jovem Trabalhador.